Portugués

POR ASCOM/CIMI

O Movimento dos Atingidos por Barragens -MAB presta solidariedade com os atingidos pelo rompimento da Barragem da Mina Córrego do Feijão que pertence a Vale ocorrida no início dessa tarde. Mais uma vez, o lucro está acima de vidas humanas e do meio ambiente.

Denunciamos o atual modelo de mineração, com empresas privatizadas e multinacionais que visam o lucro a qualquer custo que afeta a vida de milhares de pessoas. Há apenas 3 anos do rompimento da Barragem de Fundão, em Mariana, mais um crime contra a vida é fruto desse modelo que apenas provoca tragédias anunciadas.

Numa cerimônia que emocionou os presentes, o Movimentos dos Pequenos Agricultores (MPA), na pessoa do Frei Sergio Görgen, recebeu no fim da tarde desta segunda-feira, 10 de dezembro, o Prêmio Nacional de Direitos Humanos João Canuto, uma homenagem e reconhecimento do Movimento Humanos Direitos (MHuD) que reúne professores, religiosos, atores, diretores de TV, músicos, cineastas, escritores e fotógrafos, entre outros artistas.

Da Página do MST 

 

"Exigimos justiça com a punição dos culpados e acreditamos que lutar não é crime", afirma em nota a direção do MST na Paraíba, após assassinato dos militantes José Bernado da Silva e Rodrigo Celestino, que ocorreu na noite deste último sábado (8), no acampamento Dom José Maria Pires, localizado em Alhandra - PB. 

Em Encontro de Amigos, MST reúne 700 pessoas na ENFF  Nesse sábado, amigos e amigas do MST se reuniram na Escola Nacional Florestan Fernandes para fazer um balanço de 2018 e celebrar a solidariedade e resistência!

 Assista o vídeo!

Ações em diversos pontos do país trazem a bandeira da liberdade imediata para o ex-presidente Lula, condenado injustamente e encarcerado há oito meses.Na próxima segunda-feira (10), Dia Mundial dos Direitos Humanos, o Comitê Nacional Lula Livre, junto aos movimentos da Frente Brasil Popular, que conta com mais de 80 organizações, iniciam a Jornada Nacional Lula Livre, com ações em vários lugares do país. Um grande ato já está convocado para a sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, às 18h, com a presença de representações políticas de vários países.

Os camponeses e camponesas do MPA neste início do mês de dezembro laçam a 3ª Edição da “Campanha Natal Sem Veneno”. Uma proposta que visa levar alimentos saudáveis a mesa dos trabalhadores do campo e da cidade, nesta data em que as famílias reúnem-se a mesa para celebrar a vida. No Rio de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Sul e Sergipe já iniciaram a comercialização das cestas natalinas de alimentos sem venenos produzidos pelo Campesinato.

Escrito por várias mãos, o livro “A Diversidade Produtiva das Mulheres do MPA” segue seu caminhar e é lançado nesta segunda-feira, 03 de dezembro, na Universidade do Estado do Pará, campus de Geografia em Belém (PA). Na ocasião estiveram presentes estudantes, professores e representantes do Movimento Pela Soberania Popular na Mineração (MAM), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Comissão Pastoral da Terra (CPT), além dos camponeses e camponesas do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA).

A data é mundialmente conhecida como o Dia Internacional Contra os Agrotóxicos e recorda a tragédia de Bhopal (Índia), quando em 1984, uma fábrica de agrotóxicos da empresa Carbide Union explodiu matando 20 mil pessoas, milhares de feridos e com sequelas fruto da intoxicação. 

Com as fortes chuvas que atingem a região de Altamira (PA), a água da lagoa do bairro Independente 1 subiu e invadiu as casas dos moradores nas palafitas e no entorno. O primeiro susto ocorreu na madrugada de ontem (29). As famílias estão se abrigando na sede da associação de moradores do bairro, onde há uma grande área coberta.

Os moradores da lagoa foram reconhecidos como atingidos pela hidrelétrica de Belo Monte em março deste ano, após um processo de lutas de mais de três anos no Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB).