Portugués

Categorías para Noticias en Portugués

El MST aprovecha el Día del Trabajador Rural (25 de julio) para recordar la cifra de más de 150.000 familias aún acampadas en espera de tierra.

El Día del Trabajador Rural existe desde 1964. Hoy se celebra el 25 de julio y también es un momento de luchas en defensa del trabajo y de los derechos de aquellos y aquellas que alimentan a la nación. Por eso, el MST está en una jornada de luchas, exigiendo tierras, políticas de Reforma Agraria y la libertad de Lula, como parte del necesario restablecimiento de la democracia.

El MST reunirá a más de mil niños y niñas de campamentos y asentamientos de la Reforma Agraria en Brasilia (DF). El 1º Encuentro Nacional de los Niños Sin Tierra será del 23 a 26 de julio, en el Parque de la Ciudad Sarah Kubitschek. Con el lema "Sem Terrinha em Movimento: Brincar, Sorrir, Lutar por Reforma Agrária Popular!" , el encuentro tendrá carácter político, pedagógico y lúdico-cultural.

Neste fim de semana, 15 de julho, mais de 100 trabalhadores do campo e da cidade em Palmitos, no extremo oeste catarinense, se reuniram na Comunidade do Distrito de Santa Lucia para a realização da etapa municipal do Congresso do Povo, na ocasião também estiveram presentes, representantes do município vizinho, Caibi.

Na mesma semana em que a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e o Instituto Internacional de Gestão da Água divulgaram relatório intitulado “Mais pessoas, mais alimentos, água pior?”, alertando para a poluição das águas por abuso de agrotóxicos no campo. No Brasil, a Comissão Especial da Câmara dos Deputados aprovou no dia 25 de junho, o PL 6299/2002, mais conhecido por PL do Veneno, por 18 votos a 9, que tem como relator, o Deputado Luiz Nishimori (PR-PR), da bancada ruralista no Congresso.

Mais de 150 camponeses e camponesas do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) em Rondônia, neste fim de semana, 6, 7 e 8 de julho de 2018, realizaram seu XIX Encontro Estadual do Movimento no Estado, o local escolhido foi a Escola José de Anchieta no município de Cabixi.

Um momento de muita mística e animação, mas também de discutir sobre a conjuntura nacional e estadual, dando ênfase para a discussão do projeto que o agronegócio tem para na Amazônia, aponta a camponesa e integrante da Direção Estadual do MPA, Sônia.

Em todos os golpes de Estado até hoje praticados ao longo da história do Brasil, as primeiras vítimas foram os camponeses.

Assim foi em 1889, que resultou na negação do acesso à terra ao povo negro dito liberto pela lei áurea, nos Massacres de Canudos e Contestado e num grande assalto perpetrado pela classe latifundiária às terras públicas do Brasil.

O povo Kanela do Araguaia é descendente do povo Kanela Apãnjekra do Maranhão, e após o reconhecimento como povo indígena começaram a reivindicar uma área da união no município de Luciara Mato Grosso, a 1.188 km da capital Cuiabá, área em que vários de indígenas da etnia Kanela já viviam, na Aldeia Nova Pukanu, na Gleba São Pedro, em Luciara, Mato Grosso.

Camponeses, camponesas e atingidos por barragens realizaram na tarde desta quinta-feira, 28 de junho, o I Encontro Regional na “Costa do Rio Uruguai” de Troca de Sementes Crioulas no município de Mondaí, no Extremo Oeste de Santa Catarina. O evento foi realizado pelos movimentos de pequenos agricultores (MPA), de atingidos por barragens (MAB) e de mulheres camponesas (MMC), envolvendo entorno de 80 famílias camponesas, somando mais de 100 participantes.

Enquanto o país prestava atenção à Copa do Mundo, a Câmara dos Deputados aprovou, em regime de urgência, uma das leis mais vergonhosas de sua história. Por maioria simples de 217 votos, decidiram vender aos estrangeiros 70% dos imensos campos do pré-sal que a Petrobras recebeu diretamente do governo em 2010. Foi mais um passo do governo golpista e de seus aliados para entregar nossas riquezas e destruir a maior empresa do povo brasileiro.

No extremo Oeste Catarinense, de lideranças do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) realizaram nesta quinta-feira, 28 de junho, o encontro regional de Formação de Formadores do Congresso Povo. O evento realizado na Comunidade Catres, reuniu mais de 100 pessoas entre camponeses, atingidos por barragens, lideranças religiosas, sindicais e partidos políticos de pelo menos três municípios de Santa Catarina, São João do Oeste, Itapiranga e Mondaí que sediou o encontro.